Com aumento de 57% na procura por leitos de UTI, Sertão terá restrições mais duras a partir do dia 14

Com aumento de 57% na procura por leitos de UTI, Sertão terá restrições mais duras a partir do dia 14

“Lá, os indicadores caminham no sentido contrário, com forte aceleração. A região vive seu pior momento em termos de solicitações de UTI, com um crescimento de 57% nos primeiros dias desta semana”, afirmou André Longo, secretário de saúde do Estado.

Os municípios que fazem parte das VI, X e XI Gerências Regionais de Saúde (Geres), com sedes em Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, entrarão em quarentena mais rígida a partir de segunda-feira (14). O anúncio foi feito pelo Governo do Estado durante uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (10).

Apenas as atividades essenciais poderão funcionar até o dia 20 de junho nas 35 cidades que fazem parte das VI, X e XI Geres. Segundo o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, a decisão foi tomada por causa do aumento da ocupação dos leitos de UTI na região.

Academias e similares; serviços de alimentação (bares, restaurantes e lanchonetes); ciclofaixas destinadas a atividades de lazer ou recreativas; clubes sociais, esportivos e agremiações (academias, bares, restaurantes e salões de beleza); comércio varejista de bairros; comércio varejista do Centro; competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer.

Ainda: escolas e universidades, públicas e privadas; escritórios comerciais e prestação de serviços; eventos corporativos; eventos culturais; eventos sociais; feira de negócios; igrejas e atividades religiosas; museus e demais equipamentos culturais; praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões, parques e praças; polo de confecções; shoppings centers e galerias comerciais.